segunda-feira, 21 de março de 2011

Era mais feliz sem ti .

Hoje percebi o porquê de tanta coisa para nada. Sabes, de ontem para hoje sinto que cresci, reagi com calma a tudo e tinha a perfeita consciência que não ía durar para sempre, que tudo podia acabar amanhã, talvez um dia quem sabe, nos voltaremos a encontrar num caminho mais risonho.
Não te culpes, a culpa nunca será tua, sempre foi minha.
Para a próxima vou pensar primeiro em mim, e dizer não àquilo que sei que nunca poderei ter, será a minha primeira e única escolha.
Pondo os outros outros em primeiro lugar nunca poderemos ambicionar a ser os primeiros em qualquer coisa. A partir de agora vou-me por a mim primeiro lugar sempre, já tou farta de feridas do passado que nunca mais secam e que me deixam presa, sem me deixar andar para sempre.
Prometeste-me um sempre que acabou ontem. Obrigada, teria preferido mil vezes um nunca, talvez agora não estivesse assim. 


"Às vezes construimos sonhos em cima de grandes pessoas o tempo passa e descobrimos que grandes mesmo eram os sonhos, e as pessoas pequenas demais para os tornar reais."
(Bob Marley)

Se eu não gostar de mim, que gostará?

Sem comentários: